quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Causo de Paixão



Lembrei–me do seu corpo
Envolto ao lençol
Desnudava um ombro
Segurava de leve o restante
Senti neste breve instante
Que um dia fui feliz.
Marta,
Eras tu minha paixão
Estava eu enamorado
Dos seus olhos cor de cravo
Do seu corpo violão
Bobo fui ao me entregar
A você de corpo e alma
Meu amor tu despertou
Quando por mim se enamorou
Mas um dia me deixou
Por causa de um novo amor
Fiquei deveras à espera,
Mas você nunca voltou
Agora fico a vagar
Em noites frias de luar
Por causa de tu, minha paixão
Endureci meu coração.
Este,
É mais uma causo de paixão
É desatino, desilusão
Marta agora é passado
Outro amor tenho ao meu lado.
Vou para ela cantar e tocar meu violão.
Ana Cristina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário